Quinta, 01 Novembro 2018 10:30

Sindeletro e Eneva avançam nas negociações sobre novo acordo Destaque

Na quarta rodada de negociação, realizada no dia 8 de outubro, Sindeletro e Eneva deram continuidade aos debates para fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2018/2019. A empresa aumentou o índice de reajuste salarial para 4% (a proposta anterior era de 3,80%) e ofereceu 10% de reajuste para os vales alimentação/refeição. O sindicato avalia que ainda há espaço para mais avanços e insiste em reajuste que garanta ganho real nos salários. Na próxima semana, dirigentes sindicais irão visitar a base para discutir a proposta com os trabalhadores.

Com a proposta de reajuste de 4%, o piso salarial da categoria passaria de R$ 1.529,70 para R$ 1.590,89. O Sindeletro reforçou a cobrança pela criação do piso salarial por nível. Aplicando-se o mesmo índice de reajuste, o material escolar passaria dos atuais R$ 319,95 para R$ 332,75; e o auxílio creche escola passaria de R$ 612,56 para R$ 637,06, mantendo a idade de 6 anos incompletos (o Sindeletro insiste em alterar a idade para até 10 anos e propõe 50% do valor vigente para dependentes de 6 a 10 anos).

Para os auxílios alimentação e refeição, com a correção de 10% proposta pela empresa, os valores ficariam:

Alimentação: de R$415,24 para R$456,76;
Refeição: de R$760,00 para R$836,00;
Natalino: de R$760,00 para R$836,00.

Sobre banco de horas, a empresa reforçou a proposta das reuniões anteriores: três meses para apuração e compensação, com pagamento no quarto mês e abono das horas negativas. O Sindeletro vai discutir e avaliar a proposta junto à categoria. As propostas para as demais cláusulas foram mantidas de acordo com a última negociação.

Em relação às férias, a cláusula ficou mantida, mas com a possibilidade de gozo em até três períodos, desde que haja concordância do trabalhador, com um período de 14 dias e os demais com o mínimo de 5 dias.

Confira o boletim sobre a 3ª reunião, no dia 13 de setembro:  http://www.sindeletro.org.br/index.php/noticias/item/951-terceira-rodada-de-negociacao-com-eneva-avanca-mas-sindeletro-insiste-em-ganho-real 

Compartilhe

Voltar

Vídeo