Quarta, 12 Setembro 2018 18:22

Queiroz Galvão não apresenta proposta concreta e Sindeletro reforça pauta dos trabalhadores Destaque

Na tarde desta quarta-feira, dia 12 de setembro, o Sindeletro esteve reunido com representantes da Queiroz Galvão para dar continuidade à negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2018/2019. Na ocasião, a empresa expôs divergências em relação a alguns pontos da pauta de reivindicações dos trabalhadores, mas não apresentou nenhuma contraproposta formal.

Entre os itens colocados à mesa, foi a mudança no regime de escala de trabalho: a empresa sinalizou o interesse em praticar o de 4x2 de 6 horas – atualmente, está em vigência o de 6x4 de 8 horas. O Sindeletro defende que seja mantido o atual regime por entender que, matematicamente, não gera diferenças para a empresa, além de dar um período de folga prolongado para o trabalhador.

Diante da falta de contrapropostas concretas da Queiroz Galvão, o Sindeletro reforçou que irá defender a pauta aprovada pelos trabalhadores e saiu com o compromisso da empresa de apresentar uma proposta escrita até o dia 25 de setembro. Nova reunião ficou agendada para o dia 27 de setembro, no Sindeletro.

Compartilhe

Voltar

Vídeo