Terça, 17 Julho 2018 11:53

Chesfianos participam do Dia Nacional de Luta e reforçam defesa da Eletrobras pública Destaque

Nesta terça-feira, 17 de julho, trabalhadores da Eletrobras de todo o Brasil se uniram para realizar o Dia Nacional de Luta contra a privatização da empresa e o desmonte do setor elétrico nacional. Em Fortaleza, o Sindeletro realizou ato em frente à sede da Chesf com forte apoio da categoria.

O Sindeletro destaca que é preciso ficar alerta diante das ameaças encampadas pelo governo golpista Temer, como a venda das distribuidoras da Eletrobras que atuam no Norte e Nordeste do país. O tema é matéria do PL 10.332/18, que foi aprovado pela Câmara dos Deputados e segue para tramitação no Senado como PLC 77/2018.

Na última quarta-feira, 11 de julho, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, leu em plenário o requerimento de tramitação em regime de urgência do PLC 77/2018 e afirmou que o pedido será votado após o recesso parlamentar, em agosto. A decisão contraria o compromisso que o próprio senador assumiu com os trabalhadores de que não iria pautar a matéria este ano.

É fundamental manter a categoria articulada e mobilizada para barrar as tentativas do governo golpista Temer de entregar o patrimônio brasileiro.

Vitória na Justiça
No último dia 12/07, o BNDES publicou comunicado informando a suspensão do edital de leilão das distribuidoras, programado para o dia 26/07. A notícia veio logo após decisão da Justiça Federal do Rio de Janeiro que suspende a realização da licitação, mas a empresa já informou tomará as medidas necessárias para dar continuidade ao processo de venda.

Em ação ajuizada pela Associação dos Empregados da Eletrobras (Aeel), a Justiça Federal no Rio de Janeiro suspendeu o leilão com base na liminar concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski (STF). A liminar proíbe a privatização de empresas públicas, sociedades de economia mista e suas subsidiárias e controladas sem autorização legislativa do Congresso Nacional.









Compartilhe

Voltar

Vídeo