Quinta, 12 Abril 2018 12:00

Trabalhadores da Chesf vão paralisar suas atividades na próxima segunda-feira (16/04) em protesto contra a privatização da Eletrobras Destaque

Em meio à campanha salarial, cuja data-base vence no dia 1º de maio, e a tentativa do governo golpista de privatizar o sistema Eletrobras, inclusive suas subsidiárias, os/as trabalhadores/as da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) do Ceará decidiram paralisar suas atividades na próxima segunda-feira (16/04). A paralisação foi aprovada pela ampla maioria dos/as trabalhadores/as em assembleia realizada pelo Sindicato dos Eletricitários do Ceará (Sindeletro) em Fortaleza e em Milagres na última segunda-feira (09/04).

O Sindeletro convidou para participarem do ato de paralisação os deputados federais Leônidas Cristino (PDT), membro titular da comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o Projeto de Lei 9463/18 proposto pelo governo golpista que regulamenta a desestatização do setor de energia no Brasil; e Odorico Monteiro (PSB), vice-presidente da Comissão Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional. O deputado estadual Elmano de Freitas (PT), importante parceiro do Sindeletro na campanha contra a privatização da Eletrobras, também foi convidado para o dia de paralisação.  

O Sindeletro reforça que é muito importante que todos os chesfianos e as chesfianas participem da paralisação na próxima segunda-feira (16/04) para mostrar nossa indignação diante da tentativa do governo golpista de entregar o setor elétrico nacional nas mãos do capital estrangeiro. Lutar contra a venda da Eletrobras e da Chesf é defender o Brasil e o Nordeste!!! Contamos com a presença de todos/as os/as trabalhadores/as!!! 

Compartilhe

Voltar

Vídeo