Terça, 12 Dezembro 2017 15:10

Trabalhadores da extinta AGF Serviços vão receber verbas rescisórias Destaque

O fim do ano trouxe uma boa notícia para 27 ex-trabalhadores da AGF Serviços Ltda que atuavam em Itapajé e outros municípios da região e foram demitidos sem justa causa em março de 2007. Após ação do departamento jurídico do Sindeletro, eles vão receber as verbas rescisórias que não foram pagas pela empresa que na época fechou as portas. Em setembro de 2008, como resultado da mesma ação trabalhista impetrada pelo Sindeletro, os trabalhadores já haviam conquistado o direito a sacar o FGTS. A Justiça do Trabalho também determinou que a empresa atualizasse o depósito do INSS de seus ex-empregados.

No dia 21 e 22 de novembro, diretores do Sindeletro realizaram, em Itapajé e em Paracuru, reuniões com os ex-trabalhadores da AGF Serviços para repassar orientações para o recebimento dos valores a que cada um terá direito. O presidente do Sindeletro, Cesário Macêdo, e toda a direção do Sindeletro comemoram a decisão final da Justiça do Trabalho a favor dos trabalhadores. “Isso mostra o interesse do Sindeletro em recuperar um direito dos trabalhadores que estava sendo negado pela empresa. Esse é o nosso trabalho e estamos sempre a postos para defender os trabalhadores eletricitários”, afirma. Além de Cesário, estiveram presentes na reunião os diretores Lucyen Franco e José Timóteo Freire e a secretária do setor jurídico do Sindeletro, Leuda Pena.

 

Segunda ação contra a AGF

O setor jurídico do Sindeletro já ganhou na Justiça do Trabalho uma outra ação trabalhista contra a empresa AGF Serviços Ltda por descumprimento das convenções coletivas 2005, 2006 e 2007 no que se refere ao pagamento a seus trabalhadores do cartão alimentação. A empresa deixou de pagar o benefício a 204 empregados do interior do Estado no período de 01/02/2005 a 30/03/2007. Todos os 27 trabalhadores beneficiados pelo pagamento das verbas rescisórias também estão contemplados nesta ação, iniciada também em 2007. A ação já teve sentença favorável aos trabalhadores confirmada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e está em fase de execução.

Leia mais notícias no jornal do Sindeletro - edição de Novembro:

 
Diretores do Sindeletro se reuniram em Itapajé com os ex-trabalhadores da AGF Serviços para repassar orientações para o recebimento dos valores 

Compartilhe

Voltar

Vídeo