Sexta, 19 Maio 2017 17:38

CNE defende convocação imediata de eleições diretas no Brasil Destaque

CNE defende convocação imediata de eleições diretas  no Brasil

Diante das recentes denúncias de pagamento de propina envolvendo o nome do presidente ilegítimo Michel Temer e membros aliados do atual governo, o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) lançou uma nota pública em que repudia os fatos exibidos em rede nacional. Diante de tal cenário, o CNE sugere:

a) Que sejam suspensas todas as ações de reestruturação, qualquer tipo de demissão e precarização do trabalho pregados pela atual gestão;

b) A exoneração dos cargos de presidência, direção e comissionados, que tenham sido avalizados pelos membros citados na denuncia;

c) Constituição de uma direção provisória, a partir do voto direto dos empregados das empresas com intuito de dar continuidade ao bom andamento das atividades até o estabelecimento de nova diretoria;

d) Convocação imediata de eleições diretas no Brasil, com intuito de devolver à empresa a legitimidade para continuar servindo ao país com a menor perda possível. 

Confira a íntegra da nota do CNE.

Compartilhe

Voltar

Vídeo