Terça, 04 Abril 2017 10:45

Fortaleza reúne mais 35 mil pessoas contra reformas

A mobilização de 31 de março foi um esquenta para a greve geral, marcada para o dia 28 de abril em todo o País

O Sindicato dos Eletricitários do Ceará (Sindeletro) participou, na tarde da sexta-feira (31/03), de mais um Dia Nacional de Lutas, contra a Reforma da Previdência e a Terceirização. O ato foi organizado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo em parceria com as centrais sindicais, sindicatos e movimentos sociais. Participaram, em Fortaleza, mais de 35 mil pessoas, que percorreram as ruas do Centro da cidade.

O ato foi uma preparação para a Greve Geral marcada para 28 de abril. O presidente nacional da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas, afirmou que a Greve Geral "já é uma realidade" e que o "abril vermelho" irá "enterrar" as reformas de Temer. Para ele, o fato da terceirização ilimitada ter sido sancionada pelo ilegítimo Michel Temer na sexta-feira em meio a tantos protestos, pode ser entendido como uma provocação, mas "isso só vai servir para reforçar ainda mais a disposição de luta dos trabalhadores e trabalhadoras".

Manifestação

A mobilização em Fortaleza teve concentração às 15h na Praça Clóvis Beviláqua (Praça da Bandeira), seguindo em caminhada pelas ruas do Centro até a Praça do Ferreira. Em breve serão divulgados detalhes do ato do próximo dia 28 de abril. (Com informações da CUT Brasil)

Confira a galeria de fotos.


Compartilhe

Voltar

Vídeo