Quinta, 17 Novembro 2016 17:22

Coelce insiste em retirar conquistas do ACT

      

A Companhia Energética do Ceará (Coelce) tentou retirar conquistas dos trabalhadores na 5ª. reunião do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2016/2018 realizada nesta quinta-feira (17/11), na sede da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE). O Sindicato dos Eletricitários do Ceará (Sindeletro), no intuito de garantir os direitos já alcançados em ACTs anteriores, destacou, em mesa de negociação:

>A importância de manter o ganho real;

>A manutenção do mínimo de 60% do salário base no abono salarial, mesmo com o pagamento proposto pela empresa de 2.800,00, no primeiro ano, e de R$ 2.900,00, no segundo ano. A Coelce propôs acabar com a porcentagem mínima já existente (60%), de modo que prejudicaria uma parcela significativa de trabalhadores que têm recebido acima dos valores fixos propostos;

>Manutenção do mínimo de 80% do salário base para o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). A empresa pretende tirar essa porcentagem mínima e ter apenas como base o índice de produtividade. O Sindicato entende que isso significa mais uma perda de direto já adquirido, por possibilitar a redução dos valores aos trabalhadores;

>Permanência da Faelce como interveniente no ACT, diante da tentativa da Coelce em retirar a fundação do acordo.

O Sindeletro se opôs à criação de um banco de horas, por entender que não é uma boa opção aos trabalhadores. Além disso, propôs a aproximação do ticket alimentação ao valor pago pelo grupo Enel na empresa Ampla, de R$ 36,20.

A Companhia concordou com a solicitação do Sindeletro de aumentar para o oitavo ano de idade o benefício da creche escola, além de alterar o intervalo de idade dos filhos para oito a 18 anos no incentivo educação.

O Sindicato entende que, além do reajuste pela inflação, de 8,5%, é necessário que a empresa mantenha os direitos já adquiridos e avance nas conquistas, ao invés de retroceder. Isso porque, a excelência dos funcionários da Coelce tem garantido, ao longo dos anos, lucros cada vez mais expressivos à empresa, premiações e expansão da sua rede de consumidores em todo o estado do Ceará. A próxima reunião está marcada para 24 de novembro, às 8h30, na sede da SRTE.

Trabalhadores e trabalhadores, participem das reuniões na capital e no Interior!

Nesta sexta-feira (17/11), às 8h, haverá reuniões na administração central e na sede de Messejana. É importante a participação de todos e todas!

Compartilhe

Voltar

Vídeo