Quarta, 14 Setembro 2016 15:52

Sindeletro exige readmissão de trabalhadores da Logos/Coelce

O Sindicato dos Eletricitários do Ceará (Sindeletro) encaminhou ofício, na tarde desta quarta-feira (14/09), para Companhia Energética do Ceará (Coelce) solicitando reunião para tratar acerca da demissão de 12 trabalhadores por justa causa da prestadora de serviço Logos.

Os funcionários da loja de atendimento da Coelce no bairro Parangaba foram demitidos após se reunirem para reivindicar o cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2016/2018, que tem sido negado pela prestadora. Além de cometer assédio moral, a Logos também realizou ação antissindical, ao recomendar aos funcionários a não participação nas mobilizações.

A solicitação de uma medida por parte tomadora do serviço, Coelce, surge depois da reunião realizada nesta quarta-feira com os representantes da empresa Logos, Diego Carvalho e Carlos Pimentel, que não tiveram abertura para um acordo. Com a negativa, o setor jurídico do sindicato já está tomando as providências necessárias contra as práticas.

O Sindeletro ressalta que a ação truculenta da Logos deve ser revertida com urgência pela Coelce, uma vez que não só fere o direito coletivo de organização e manifestação, mas também configura assédio moral contra os trabalhadores.

Vale ressaltar que a Coelce já tem conhecimento do fato e da importância de uma solução rápida, pois os diretores do Sindeletro, juntamente com os advogados, já se reuniram com os representantes da companhia na tarde de terça-feira (13/09) para tratar do assunto.

Trabalhadores e trabalhadoras, fiquem atentos às próximas mobilizações! Vamos nos unir com nossos companheiros para garantir o cumprimento dos nossos direitos!

Compartilhe

Voltar

Vídeo