Terça, 30 Agosto 2016 16:56

Sindeletro assina CCT dos terceirizados

Após oito meses de campanha salarial, o Sindicato dos Eletricitários do Ceará (Sindeletro) assinou, nesta terça-feira (30/08), a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2016/2018 dos trabalhadores terceirizados. As empresas terão até o dia 8 de setembro para cumprirem o que foi acordado, incluindo o pagamento de todo o retroativo.

Mesmo com a CCT já acordada no final do mês de julho com o Sindienergia, houve dificuldades na finalização da redação do texto definitivo. Nesta terça-feira, após uma série de reuniões, o Sindeletro deu entrada no Ministério do Trabalho.

Uma conquista importante da CCT foi o piso salarial do eletricista de linha viva, além do vale transporte (ou condutível) para todos. Abaixo segue a tabela com os salários atualizados:

1.1

Administrativos

R$ 1.069,31

1.2

Eletricistas

R$ 1.265,34

1.2.1

Eletricistas Linha Viva (1,17 x Eletricista)

R$ 1.480,45

1.3

Montador

R$ 1.265,34

1.4

Leituristas

R$ 1.078,21

1.5

Motoristas Operador de Guindauto

R$ 1.265,34

1.6

Técnicos de Segurança

R$ 1.728,35

1.7

Eletrotécnico

R$ 2.002,07



Os trabalhadores que ganham acima dos pisos salariais, em 31 de janeiro de 2016, terão reajuste de 11,3%, referente à inflação do período e recuperando o poder de compra. É importante ressaltar que o reajuste salarial de 12% para os pisos salariais fica acima da inflação e nos possibilita dar mais um passo no sentido de atingir a meta de dois salários mínimo para eletricista, administrativo, leiturista, montador e munckeiro. Para o próximo ano, o reajuste será correspondente a 115% do Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC). Confira os detalhes da CCT em anexo.


Os diretores Zilnete Lima e Fernando Avelino na assinatura da CCT dos terceirizados

Compartilhe

Voltar

Vídeo