Segunda, 18 Julho 2016 14:17

Chesfianos rejeitam proposta da empresa e deliberam por greve

Os trabalhadores da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) no Ceará deliberaram, em assembleia desta segunda-feira (18/06), pela greve por tempo indeterminado a partir da terça-feira, dia 26. Na sexta-feira, dia 22, haverá nova assembleia para avaliação e confirmação da greve. A primeira chamada será às 8h30 e a segunda às 9h. A mobilização se inicia na segunda-feira, dia 25, com paralisação como mecanismo de fortalecimento da greve do dia seguinte.

Durante a assembleia desta segunda (18), os trabalhadores rejeitaram a proposta da empresa, por entenderem que, além de perda da massa salarial, há perda de conquistas, a exemplo da diminuição do percentual de 100% para 50% da hora extra aos sábados.


Assembleia deliberativa desta segunda-feira (18/07) na Chesf de Fortaleza

Entenda o assunto

Desde o início das negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2016/2017 e da Participação dos Lucros e Resultados (PLR) 2015, chesfianos e chesfianas estão insatisfeitos com o desenrolar das negociações.

É importante a união de todos os trabalhadores do sistema Eletrobras pelo acordo coletivo justo para a categoria, com reposição da inflação, ganho real e manutenção dos direitos. Está no horizonte deste governo golpista a privatização do setor elétrico, o que deve ser um impulso muito maior para a união da classe trabalhadora.

A privatização das distribuidoras de energia não trouxe retornos positivos para os trabalhadores, com a precarização do trabalho por meio das demissões e aumento das terceirizações. Contrariamente ao discurso dos governantes, de que baratearia da energia, houve aumentos exorbitantes das tarifas para toda a população.

Por tudo isso, vamos à luta! O momento é agora!

Compartilhe

Voltar

Vídeo