Reunião sobre Convenção Coletiva de Trabalho demonstra necessidade de mobilização

Sindicato cobra da Coelce/Enel resolução de problemas com terceirizadas
28 de fevereiro de 2020
8 de março é dia de luta por respeito
8 de março de 2020

Na primeira reunião realizada entre diretores do Sindicato dos Eletricitários (Sindeletro) e do Sindicato das Indústrias de Energia do Estado do Ceará (Sindienergia) a representação das empresas demonstrou resistência em garantir a data-base em 1º de fevereiro e propôs alterações em outras cláusulas garantidas anteriormente pelos eletricitários. A próxima reunião está marcada para o dia 10 de março e será realizada na sede da Federação  das Indústrias do Ceará (Fiec).

A direção do Sindeletro, na reunião realizada com o Sindienergia em 20 de fevereiro,  alertou que os trabalhadores estão lutando por manutenção e novas conquistas trabalhistas. Nesse momento é de fundamental importância a mobilização e o apoio da categoria para essa negociação. Uma das propostas do Sindienergia, por exemplo, é que as homologações não sejam mais realizadas com a participação do Sindeletro, o que deixa o trabalhador à mercê dos cálculos feitos pelos empregadores. Alterações na forma de pagamento de tíquetes alimentação para serem recebidos só pelos dias úteis e retirada de tíquete referente ao almoço por ocasião de viagem.

O Sindeletro ressalta a defesa intransigente dos direitos de eletricitários e eletricitárias com a garantia de remuneração justa e de condições de trabalho adequadas para a categoria. A entidade  convoca trabalhadores a acompanharem as informações sobre a negociação da CCT e as visitas de representantes da direção nos locais de trabalho.

Baixe o boletim aqui: 02.03.20 – BOLETIM CCTSindienergia