Dia do Aposentado reforça luta pela garantia de direitos

Cadastro de quem trabalhou no setor elétrico de 1999 a 2013 para ação do FGTS
16 de janeiro de 2020
Sindeletro quer ouvir a categoria
28 de janeiro de 2020

No seu corpo, as suas rugas

São traços da existência

Marcas da perseverança

Carimbos da resistência

(Zeca Pilo, poeta popular)

 

Conhecer o passado é fundamental para entender o presente e planejar as ações da categoria para o futuro. Numa época em que a retirada de direitos tem sido uma tentativa constante dos governos, é importante reforçar a data de 24 de janeiro. O Dia do Aposentado foi escolhido porque foi nesta data que entrou em vigor a Lei Eloy Chaves, considerada a primeira lei brasileira de previdência social.

O Sindicato dos Eletricitários (Sindeletro) valoriza cada um dos trabalhadores que já deu sua contribuição ao longo de décadas de trabalho e que hoje deveria desfrutar do merecido descanso com aposentadoria digna. Nossa luta diária é por garantia de direitos e respeito aos aposentados. Atualmente, há cerca de 700 aposentados que integram o quadro de associados da categoria.

A buca pela qualidade de vida e o autocuidado também são preocupações diárias da entidade. No último dia 22, os aposentados participaram de reunião da Saelce na sede do Sindeletro na qual foram realizados aferição de glicemia e pressão e massagem. O encontro terminou com confraternização e lanche.