Sindeletro lamenta morte de 3 eletricitários na Bahia

Sindeletro convoca assembleia dos terceirizados em 16 e 20 de dezembro
12 de dezembro de 2019
Assembleia dos trabalhadores da Maracanaú Geradora será dia 17
16 de dezembro de 2019

O Sindicato dos Eletricitários do Estado do Ceará (Sindeletro) lamenta profundamente a morte de três trabalhadores neste domingo, 15 de dezembro, durante os serviços de manutenção em uma torre de transmissão de energia elétrica de alta tensão em Camaçari (a cerca de 50 km de Salvador), na Bahia. O Sindicato solidariza-se ainda com os familiares e colegas de trabalho das vítimas que trabalhavam para a empresa Assembly, que prestava serviço à Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), e estima a pronta recuperação de pelo menos cinco trabalhadores que ficaram feridos.

No site do Sindicato dos Eletricitários da Bahia (Sinergia-BA), em texto publicado hoje, a entidade lamenta a morte dos três eletricitários e informa que até o momento o sindicato ainda não havia tido mais informações sobre as vítimas. “O Sinergia está apurando os fatos para saber efetivamente o que ocorreu e as circunstâncias que levaram ao acidente para, de posse dessas informações, se pronunciar com propriedade sobre os fatos”, diz um trecho da nota divulgada no site (https://sinergiabahia.com.br/acidente-vitima-tres-eletricitarios-na-bahia/). Os dirigentes do sindicato da Bahia estão acompanhando a situação em Camaçari.

O Sindeletro tem alertado que a terceirização no sistema elétrico é sinônimo de mortes e acidentes fatais, tendo em vista que a rotatividade dos trabalhadores nessas empresas terceirizadas torna-os mais vulneráveis ao risco inerente à profissão. Uma vez que eles têm menos tempo de treinamento no trabalho e potencializa os perigos de realizar esse serviço. A nossa luta é por melhores condições de trabalho e pela vida dos trabalhadores. O Sindeletro alerta que todo e qualquer incidente ou acidente deve ser notificado ao sindicato.