Trabalhadores da Eneva e EDP fecham acordos de trabalho

Dia do eletricitário: Organização da categoria marca histórico de lutas
18 de outubro de 2019
Eleições sindicais ocorrem nos dias 21 e 22 de outubro
18 de outubro de 2019

Foram fechados, em setembro, os Acordos Coletivos de Trabalho (ACT) dos trabalhadores das empresas Energia Pecém I/EDP e Energia Pecém II/Eneva. No caso da EDP, o Sindeletro conquistou um ACT de dois anos, abono salarial de R$ 700,00 e inflação zerada pelo Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA).

Já a o ACT da Eneva tem validade de um ano, mantendo todos os itens do acordo, além de ter a inflação zerada também pelo IPCA. Em contrapartida, o reajuste nos benefícios foi de 4%, ficando acima da inflação do período.

Desse modo, o auxílio alimentação ficou em R$ 475,03; o auxílio refeição em R$ 869,44; o auxílio extraordinário em R$ 869,44; o auxílio creche em R$ 662,54; o auxílio material escolar em R$ 346,06; e o apoio às pessoas com deficiência em R$520,00.

Os acordos coletivos são uma conquista dos trabalhadores e comprovam a importância da luta conjunta com o Sindicato, que está apto para negociar as decisões da categoria.